Um tiro na corrupção - Ao Vivo Rondônia

Um tiro na corrupção

31/12/2014

Um tiro na corrupção

O governador Confúcio Moura usou seu blog para divulgar um conjunto de medidas que pretende adotar, a partir do próximo mês, visando moralizar, modernizar e tornar mais céleresas ações da máquina oficial.

Uma das medidas anunciadas pelo dirigente estadual diz respeito à elaboração do Código de Ética, destinado a nortear o comportamento moral dos integrantes da administração com o chefe de governo, assegurando a lisura e transparência dos atos praticados na condução dos negócios públicos.

Sem querer ensinar pai-nosso ao vigário, pode o governador avançar mais, no sentido de implantar o Orçamento Participativo, discutido com a sociedade organizada onde e como poderiam ser aplicados os recursos oriundos do pagamento de impostos, taxas e contribuições, àsemelhança do que acontece em países da Europa, reduzindo-se, assim, a farra das emendas orçamentárias, pois ninguém mais do que o povo conhece suas verdadeiras carências.

O governo também poderia ser mais rigoroso na concessão ou permissão de obras e serviços, analisando o histórico das empresas contratadas, já que muitas delas não possuemcapacidade técnica e financeira necessárias para começar e concluir uma obra nas condições e dentro dos prazos estabelecidos no edital. O que tem de empresa de fundo de quintal, que ganha uma licitação e deixa a obra pelo meio do caminho, não é brincadeira. Depois, quem paga a conta é o contribuinte.

Não haverá qualquer contrassenso em adotar essa postura, aliás, extremamente pertinente, basta que se considere a cemitério de obras inacabadas, espalhado pelos quatro cantos de Porto Velho. Não é de hoje que o cidadão rondoniense vem sendo logrado. Por isso, é seu dever apoiar medidas saneadoras, que, de alguma maneira, contribuam para reduzir a corrupção que corrói as estranhas da administração pública, aqui e alhures, já que exterminá-la seria praticamente impossível.
FONTE: tudorondonia.com.br