Há dez anos o povo demitiu o Joaquim

17/03/2015

Há dez anos o povo demitiu o Joaquim

Durante as últimas semanas foi possível ver de tudo um pouco nas redes sociais, o embate envolvendo defensores e opositores ao governo, foi sem sombra de dúvidas uma prova que as redes sociais passaram a estreitar a relação dos brasileiros com a política.

Teve de tudo um pouco, pessoas que pediam intervenção militar, que manifestavam apoio ao Governo, apoio ao PT, apoio a Dilma e a esmagadora maioria que pediu o fim da corrupção, bem como aqueles que defendem o impeachment da presidente.

Quanto aos defensores do PT, nota-se, que alguns não defendem um governo, muito menos o Brasil, estão a discutir apenas a permanência de um partido no poder, apenas isso. E porque digo isso? Simples, porque o sucesso de suas vidas particulares dependem da perpetuação dos companheiros no poder.

Então falemos do Joaquim. Joaquim Lopes Louredo, este cidadão que já foi político, (e já irei falar sobre sua vida pública) foi as ruas no dia 15/03 em Pimenta Bueno, ele que é defensor do Partido dos Trabalhadores, protagonizou um vídeo onde qualificou o manifesto como fracassado, e disse mais: […] “esse povo aqui é os que querem o fim do bolsa família, o fim do universidade para todos, o luz para todos, minha casa, minha vida, realmente o povo não está aqui, isso mostra também que os empresários de Pimenta Bueno de Espigão do Oeste não tem CREDIBILIDADE suficiente para reunir o povo contra o mandato da Dilma, parabéns povo de Pimenta Bueno por não ter participado desse ato, desse jogo contra a democracia” […]

E de fato temos que dar os parabéns para o povo de Pimenta Bueno, e direi por que.

Joaquim Lopes Louredo foi vice-prefeito de Pimenta Bueno (2001/2004), em 2004 Louredo disputou as eleições pelo PT ao cargo de Prefeito, e sabe o que a sábia população pimentense entregou ao então político?

 A SUA CARTA DE DEMISSÃO!

ELE FOI DEMITIDO NAS URNAS, perdeu as eleições com inexpressivos 1.159 votos, ficando na 4ª colocação, detalhe importante é que tinham 4 candidatos, o que torna óbvio que foi o lanterna, o menos votado, o que novamente demonstra a sabedoria do povo de Pimenta Bueno.

Mas como todo bom companheiro, Louredo não está desamparado, hoje ele ocupa um cargo de chefia na Eletrobrás/RO, cargo político que quase sempre são dirigidos a militância de partidos, o que tornaria plausível a sua atitude no último domingo, onde tentou desqualificar o manifesto pacífico e democrático feito por cidadãos de Pimenta Bueno e Espigão do Oeste, organizado por alguns empresários e pessoas de bem dos já citados municípios.

Agora vejamos, com um salário de aproximadamente R$ 7.702,77, que pode ter galgado por influência política, já que o cargo é de chefia. É fácil chegar à conclusão, que de fato o povo de Pimenta Bueno está de parabéns por DEMITIR NAS URNAS o político Joaquim. Contudo contrariando a “carta de exoneração” e vontade do povo pimentense, o Governo o readmitiu, dessa vez para ser um dos Chefes da Eletrobrás Rondônia, já que pelo voto…

Joaquim pode e DEVE defender o Governo Federal, mas para tal, não se faz necessário ofender aqueles que são contra a sua posição. Ou seria Joaquim rancoroso, tal como um funcionário incompetente, que mesmo consciente de sua incapacidade, fica inimigo do patrão(eleitores) por demiti-lo? Só para lembrar, Espigão do Oeste não tem nada a ver com sua demissão de 10 anos atrás.

ABAIXO VÍDEO POSTADO PELO JOAQUIM!