Após vencer Feminino, Genus fala de dificuldades e foca na Copa do Brasil - Ao Vivo Rondônia

Após vencer Feminino, Genus fala de dificuldades e foca na Copa do Brasil

11/12/2014

Com altos e baixos e dificuldades enfrentadas, a equipe feminina do Genus se prepara para reunir boas atletas e representar bem o estado na Copa do Brasil 2015

Após vencer Feminino, Genus fala de dificuldades e foca na Copa do Brasil

Em um ano de altos e baixos, a equipe feminina do Genus mostrou que garra e força de vontade podem levar um time adiante. Após ficar como vice em diversos campeonatos de várzea de Porto Velho, o aurigrená reuniu as forças que restaram, se reorganizou e, de quebra, conquistou o título do Campeonato Rondoniense Feminino 2014. Sem patrocínio e com diversas dificuldades para treinar, a equipe se prepara para disputar a Copa do Brasil de Futebol Feminino 2015.

Segundo a coordenadora da equipe feminina, Viviane Andrade, apesar das derrotas, o time tinha o estadual em mente desde o início.

- Este ano, nós começamos no Open de Futebol, quando perdemos para o Juventude e ficamos em segundo. Participamos da Recopa, que também perdemos, dessa vez para a Fênix, e ficamos com o vice de novo. E por fim jogamos no Rondoniense Feminino. Durante todo o ano sofremos muitas críticas por termos ficado sempre no segundo lugar, mas o nosso foco era no Estadual e na Copa do Brasil. 

Genus e Ariquemes no Aluizo (Foto: Ivanete Damasceno)

 

A perseverança das atletas se mostrou não só quanto as competições, mas quanto ao preparo. Como conta a coordenadora, que também joga no time, sem condições de local e deslocamento, as jogadoras treinaram diversas vezes debaixo de chuva e sem iluminação.

- Nós jogamos todo o estadual sem patrocínio. Contamos com a ajuda de amigos e custeamos a competição por conta. Algumas vezes, tivemos que treinar no escuro no Aluizão porque não quiseram acender as luzes e muitas jogadoras não tem condições de chegar nos treinos. Na sexta-feira, antes do último jogo, nós não tínhamos ônibus para viajar e quase perdemos por W.O. Tivemos que reduzir o grupo e fomos em uma van. 

Apesar de todas as dificuldades enfrentadas, agora se preparam para encarar novos desafios: a Copa do Brasil. E o objetivo é reunir atletas de todo o estado.

- Nunca deixei as meninas ficarem tristes com as derrotas, pois a gente sabia qual era o nosso objetivo. O estadual foi importante para as meninas saberem como funciona uma competição profissional e agora nós vamos começar a pensar na Copa e nas jogadoras que vamos trazer para a equipe. Já falei com algumas atletas do interior e estou vendo uma de fora do estado. Não vai ser o Genus jogando, mas uma equipe rondoniense - finaliza a coordenadora.

 

 

Fonte: G1 Rondônia